Apostas Esportivas: Gestão de Bankroll ou Gestão de Banca

E ai pessoal?! Tudo bem com vocês?

Bom, já fizemos uma introdução as apostas esportivas, falamos de odds, dos mercados mais simples e populares, demos uma dica pro jogo Cruzeiro e Atlético PR (forramos!!) e hoje eu iria trazer um glossário de tipos de aposta, mas resolvi falar de um assunto muito importante para quem está começando a se aventurar nesse mundo:

Gestão de Bankroll/Gestão de Banca!

Termos estranhos para quem joga poker??

Assim como na vida, no mercado de ações, nos negócios, no poker ou em qualquer atividade que envolva dinheiro, saber como geri-lo é de suma importância. Nas apostas esportivas isso não é diferente.  Gestão de banca nas apostas esportivas, nada mais é do que administrar o dinheiro que temos disponível para apostar. Essa gestão deve ser saudável e apta a passar por fases ruins (Sim elas existem aqui também :( ).

O seu sistema de gestão de banca deve, antes de tudo, ser simples. Não adianta nada criar planilhas mirabolantes, fórmulas complexas, utilizar algumas vezes e depois voltar a apostar de acordo com a emoção ou sem levar em conta premissa alguma.

Vamos sugerir duas formas simples e muito utilizadas para te auxiliar a gerir sua banca:

1)      Regra dos 5% ou 1(uma) unidade: A primeira e mais simples, consiste em dividir seu montante total em unidades. Cada unidade vai corresponder a 5% (alguns apostadores definem valor a unidade, $10 por exemplo, não faremos dessa forma e você entenderá o por que) da sua banca. Essa forma simples e muito utilizada, nos direciona a comprometer no máximo uma unidade por aposta. Dessa forma, se você passar por uma fase ruim, sua banca obviamente irá diminuir, porém o valor da unidade diminuirá proporcionalmente (se fixássemos um valor, teríamos que mudar o valor da unidade), adequando-se a sua banca atual, sem gerar pressão e insegurança nas suas apostas futuras.

 Exemplo:

Temos uma banca inicial de $100,00 e perdemos 10 apostas seguidas, de 1 unidade cada. Nossa banca agora passa a ter $50,00 e nossas próximas apostas também serão de no máximo 1 unidade, porém a nossa unidade agora vale $2,5 (5% de $50). Fácil né?

Alguns apostadores com perfil um pouco mais agressivo, quando passam por períodos muito bons, aumentam o valor percentual da sua unidade, porém não aconselhamos que você faça isso, principalmente enquanto estiver se familiarizando com as apostas.

2)      Confiança/Valor Apostado: Um termo que vocês verão muito em dicas de apostas esportivas, ou em artigos sobre o tema é: confiança. Apostadores utilizam um range de 1-10 para estipular a confiança na aposta feita. “Ora, mas alguém vai apostar em algo que tem nível 1 de confiança???” Nesse caso trata-se de uma aposta de muito risco, porém as altas odds podem compensar em casos bem específicos.

A relação entre confiança e valor apostado deve ser proporcional. Ou seja, maior a confiança, maior o percentual apostado. Ainda assim, aconselhamos que você NUNCA APOSTE mais que 5% (1 unidade) da sua banca total.

Sugerimos a tabela abaixo:

Confiança Valor Apostado
1-4 Até 2,5%
5-10 Até 5%

O fator confiança é um pouco subjetivo, já que vai depender do quanto você se preparou para fazer a aposta. No próximo artigo trarei os fatores que você deve considerar para ter  um bom desempenho nas apostas esportivas, no médio/longo prazo.

Além dessas duas formas, a dica mais valiosa para manter seu bankroll saudável é bem prática: NUNCA DE ALL IN!! Sim nas apostas esportivas, assim como no poker, também podemos dar all in, que nas apostas, consiste em comprometer toda nossa banca em uma única aposta. Por mais certa que uma aposta possa parecer, dar all in não é um movimento de quem pretende ser um apostador lucrativo no médio/longo prazo.

Por hoje é isso.

Espero que tenham gostado e boas apostas!

Autor: Everton Frozza

Compartilhe esse post
468 ad

4 Comentários

  1. Fala Everton, beleza?!

    To curtindo esses seus posts de apostas. Tenho o costume de apostar de vez em quando, mas sem esses seus cálculos dos 5% pra controle de banca. Estou implementando-os.

    Uma dúvida: O que você acha de a cada aposta, recalcular os 5% em cima do bank? É um erro? No exemplo, você diz que faz 10 apostas de 1 unidade (5%) e só recalcula depois. Eu fiz diferente. Apostei 5% do br na primeira aposta, na aposta seguinte, recalculei estes 5% em cima do que sobrou, e apostei e assim sucessivamente. Tá errado? Seria cautela demais? O que pensa disso?

    Um abraço.

    Igor Wolfe

    Responder
    • Fala Igor! Que bom que está curtindo. A gestão de banca é algo bem pessoal, mas no geral (talvez seria melhor ter deixado mais explícito no post) costuma-se fazer essa conta por bloco de aposta, porém seu método não está errado. Já vi pessoas que fazem dessa forma também, é só mais conservador e para bancas bem pequenas, talvez até mais recomendado.

      Responder
      • Beleza. Você tem alguma recomendação de blocos de apostas? Exemplo: 10 jogos por dia ou x% do Bank por bloco?

        Aguardo novos posts.

        Abs.

        Responder
        • Para apostas simples o interesssante é você apostar pouco, mas buscar valor nas apostas que está fazend, conhecendo as equipes, as estatísticas envolvidas, escolhendo mercados que você se dá melhor, etc. Então, não existe uma regra para isso, deve haver bom senso e levar em conta o tamanho do seu bankroll.

          Responder

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>