Range!!

Range!!

E aí gurizada.. como andam as coisas?! Infelizmente acabou o Micro Millions e não teve forra da gente, mas segue o baile. É o primeiro de vários que vamos jogar, se Deus assim permitir.

Então, post passado falamos um pouco sobre 3-bet light, pelo que vi nos comentários acho que deu pra entender bem a idéia, espero que tenham aplicado e que tenha dado certo na prática, qualquer dúvida ou spot mais complicado, mandem a mão aqui ou no meu facebook, ou uma pergunta que seja, que eu tento responder sempre que der, ok?
Eu prometi falar sobre  range de 3-bet light, mas fiquei pensando que não adiantaria, caso eu não falasse primeiro sobre range. Então vou falar um pouco sobre range nesse artigo, e no próximo eu falo sobre range de 3-bet e 3-bet light.

Cara, RANGE, é nada mais nada menos do que o fator primordial para separar profissionais de amadores.  Esse é o segredo do jogo, essa é a chave para o sucesso.

Poker é um jogo que pede uma infinidade de qualidades e que tem uma infinidade de variações e adaptações, mas o range é o pilar disso tudo, quem for melhor em leitura de range vai ser melhor jogador, não tenho dúvidas disso.

Pra vocês terem uma idéia, procurem alguns vídeos do Daniel Negreanu no youtube, onde ele faz umas leituras sinistras em várias jogadas, o caso dele é bem fora do normal, por que ele não encaixa um cara em um range, ele define cartas, isso eu nunca vi ninguém fazer melhor que ele, e é por isso que eles está aí a tanto tempo, sempre em evidência, e que a pouco tempo foi eleito o jogador da década! Pra mim, justíssimo! Sou suspeito a falar por que acho ele o melhor de todos os tempos.

Um dos nossos leitores, o Ricardo, me pediu pra dar algumas dicas sobre range, como trabalhar, como aperfeicoar, etc.  Vou comecar citando alguns pontos essenciais para que você consiga encaixar o adversário num range, quanto mais perto você chegar disso, mais fácil vai ser sua decisão nas mesas.

Pra quem ainda não sabe o que é Range, ele é a gama de mãos que um jogador pode ter. Tipo, você em um determinado momento, vai achar que o vilão tem um Jx com pedida pra flush, ou dois pares, ou está trincado, etc.. E como você vai conseguir pensar isso? Analisando esses pontos:

  • Posição
  • Ação
  • Stack/size

Existem outros pontos, mas creio que esses 3 são os mais pertinentes.

Posição:

Esse primeiro ponto é muito importante. Saiba encaixar seu vilão em um range de acordo com a posição que ele abre na mesa. Se o cara tá abrindo de UTG e UTG+1,a tendencia é que ele tenha um range forte, grupo 1. Portanto, se o flop vinher do tipo A J 2, K Q 4, esse tipo de board atinge mais o range de quem? De quem abriu do utg. Portanto, respeite na medida do possível.

Do mesmo jeito que quem abre de posições iniciais tem mais mãos fortes, a medida que as posições vão girando os ranges de open ficam vulneráveis, portanto você tem que sempre ir se adaptando de acordo com a posição.

Nos primeiros artigos eu coloquei os grupos que a maioria dos jogadores abrem de cada posição, é bom quem não viu dar uma olhada, desse jeito você pode ter uma idéia de textura de board e se é do tipo que acerta quem abre ou quem defende.

Ação:

Esse segundo ponto vem de forma a completar o primeiro, mas ao mesmo tempo ele pode quebrar essa primeira verdade. Seria muito fácil, se toda vez que o cara abrisse de UTG e batesse flop A high ou K high ele c-betar e levar, portanto fique de olho na ação. Fique atento se ele sempre faz isso, se ele abre bastante de Early position e o que ele faz nesses determinados boards. Ele aposta sempre? Não aposta? Quantas pessoas ele está enfrentando? Apenas 1, 2 ou mais? Geralmente quando vilão c-beta contra mais de 1 oponente é bem difícil ele estar blefando, portanto fique de olho em toda a ação.

Dica: Os boards com K high são os melhores pra você tentar algum tipo de firula. Um check-raise, ou um simples raise, um floating, etc.. Apesar de acertar o range de quem abre, é um tipo de board que na maioria das vezes quem é confrontado não tem o que fazer. Ou tem o K e reage, ou não tem e folda.

Stack/size:

Cara, isso é muito muito muito muito muito importante. Eu quebro a cara todo santo dia por causa dessas duas palavrinhas. FIQUE SEMPRE ATENTO AO STACK DO ADVERSÁRIO! Não importa que cartas você tenha, como não importa em tudo que a gente faz nesse jogo, o que importa são as cartas do seu adversário.

Portanto, fique de olho. Se você tem um range apropriado pra dar re-steal, pra shovar, pra 3-betar, mas o vilão está abrindo algo como do UTG com 13bbs, 15bbs, o seu range tem que obrigatoriamente passar a ser outro! Você vai ter que foldar várias mãos que não foldaria, mas tem que foldar, ou shova e quebra a cara. Vai olhar aquele parzinho e vai ter que botar pra dentro. Então, respeitem vilões que abrem com stack curto! De posições finais, mais ainda!

Dica: Pensem o seguinte, cartas se semi-valor, como KJs, JQs, KTs, os jogadores quando estão curtos tendem a shovar! Quando eles dão raise na maioria da maioria das vezes, é topo de valor! Saiba reconhecer isso e você vai se dar muito melhor. Todo dia isso acontece comigo, e eu vejo lá um AQ, um 77, até 88, e não me aguento, shovo e… GG!

Outro ponto importante é o size! Saiba explorar isso, e se o vilão der algum sinal de fraqueza, explore!

De que jeito? Ex: O vilão subiu pré flop, o board veio conectado, do tipo que não acerta o RANGE do vilão, e ele fez um size pequeno, de 1/3 do pote, ou qualquer outro tipo que você ache que é fraqueza, vc deve explorar.

Você pode fazer 2 coisas, flutuar, que a gente já explicou que é dar call pra ele pedir mesa no turn e você apostar, ou simplesmente dar raise flop e definir a mão ali. Eu costumo balancear muito entre os 2, as vezes quando tenho algum tipo de equidade na mão eu prefiro flutuar, e quando estou air total eu prefiro já dar raise flop, e deixar a decisão pro cara.

Ok?! Bem rapidinho pra não ficar muito cansativo.

Existem 3 maneiras de vocês treinarem a leitura de vocês e melhorarem seus ranges pra call, pra 3-bet, pra shove, etc..

  1. No pokerstrategy.com tem um software muito bom de análise de range, onde ele coloca várias situações como se fosse um quiz, pra você responder o que faria , e no final ele diz em quantas situações você agiu corretamente. Faz muito tempo que eu fiz isso, mas não deve ser difícil de achar.
  2. Vocês podem e devem baixar o equilab. Basta digitar equilab no google que vai aparecer. Também tem lá no pokerstatregy. Não tem como você querer melhorar no jogo sem esse programa. Tire um dia pra revisar seus torneios e analisar as jogadas dentro do equilab. Ele é um programa que você pode incluir as cartas do seu adversário ou incluir todo o provável range que seu adversário tem, e aí você coloca suas cartas, e vê se o seu call é lucrativo.

Ex: Você está revisando um determinado torneio seu. Aí um vilão de mp2 realiza um shove com 12bbs. Digamos que você tenha A9s no botão e fica se perguntando se deve ou não dar call. Você vai abrir o equilab e vai colocar lá todo o provável range que o vilão dá all in dessa posição.

Digamos que você ache que ele manda todos os pares, todas as broadways suiteds, AT pra cima, Kqo, etc.. Você coloca lá no programa todas essas mãos que você acha que ele shova, e coloca seu A9s. O programa vai te dizer quantos % de equidade sua mão tem contra todo esse range que está shovando, e aí você vai saber se esse call é lucrativo a longo prazo ou não. ;)

  1. O melhorzinho de fazer é esse. Eu fiz bastante quando saí lá do curso no QG do akkari e melhora muito sua leitura. Jogue alguns torneios sem ver suas cartas.  Não, eu não estou louco!

Se você for lá no pokerstars em options > table display options > hide hole cards, suas cartas ficam contrárias a tela e você não vai saber o que tem. Se colocar o mouse em cima ela aparece, mas você não vai enganar você mesmo né?!  Entre em torneios baratinhos, só a título de treino mesmo, sits de 9 pessoas ou 18 pessoas, mesas de centavos mesmo e vá treinando.

Analise a posição que alguém subiu, veja se o board, textura e tudo mais se encaixa com ele, e vá explorando. Suba de determinadas posições e vá explorando os boards que atinge você, 3-bet oponentes que sobem de posição de roubo, vá jogando só o jogo, muita atenção e explorando situações. Você vai ver como vão passar várias jogadas sem você nem saber o que tem.

Eu cheguei a cravar alguns sits só jogando assim, até filmei um torneio inteiro, por que ninguém acreditava. Se não me engano o Akkari ficou em 2 num sit de 45 players e a Annete Obrestad cravou um sit de 180 pessoas, tem até os vídeos disponíveis na internet.

Blz galera?

Espero que tenham gostado, fico no aguardo dos comentários, estou a disposição de quaisquer dúvidas e quero ver se alguém chega longe em algum torneio sem ver as cartas. lol

Até semana que vem,

Um abraço e GL a todos,

Fillipe Éverton

Facebook : https://www.facebook.com/fillipeeverton.silva

Twitter: @Fillipe_Everton

E-mail: Fillipe_Everton@hotmail.com

Autor: Fillipe Silva

Compartilhe esse post
468 ad

3 Comentários

  1. Grande post Filipe muito obrigado!! continue ai irmão GL

    Responder
    • Valeu Douglas! Estamos aqui pra isso irmão! Qualquer coisa só falar, abraco!

      Responder

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>