A superstição no Poker

Olá Pessoal! Como sabem estou trazendo para vocês artigos relacionados à psicologia, espero que gostem e aproveitem o conteúdo de 2 semanas intensas de estudo. Hoje falaremos sobre algo muito comum nas mesas de poker e em todos os cassinos do mundo: A Superstição.

As superstições geralmente desenvolvem-se ao existir uma falta de controle a algumas situações, elas podem aparecer ligadas a rituais ou objetos que as pessoas transportam e estão ligadas a necessidade humana de querer sempre ter certeza de tudo.

Definicao de superstição :

Superstição é a crença em situações com relações de causa e efeito que não se podem mostrar de forma racional ou empírica. Ela geralmente está associada à suposição de que alguma força sobrenatural.

Existem pontos positivos e negativos quando o assunto é superstição, pois além de poder ser algo extremamente prejudicial também pode ser usado como fortalecimento mental em atletas que conseguem distinguir bem a realidade da fantasia. Utilizo como exemplo o jogador Bruno Foster (jogador classificado para o November Nine) e suas superstições, com o famoso sushi da runada e seu casaco da sorte. Ele talvez saiba que isso não influenciara em nada em seu resultado, porém a energia mental que essa crença traz para ele o mantem mais focado, mais atento e receptivo as adversidades. Além de ser divertido isso acaba influenciando em sua forma de jogar e ao colocar essa “certeza” em sua mente, fará o impossível para que seu objetivo seja concretizado.

imgBruno02

A superstição está ligada à preparação psicológica, pois se o atleta tem um bom preparo psicológico possivelmente qualquer coisa que esse fizer, poderá surtir efeito.
Deve ser tratada como comportamento secundário e não pode substituir aquilo que é essencial (preparo). Aí sim, poderíamos considerar a superstição como algo válido, dessa forma favorecerá um foco necessário para entrar em um estado de concentração intensa.

Muitos atletas de alto nível de todos os tipos de esportes também têm superstições, tais como:

  • Entrar com pé direito
  • Utilizar utensílios de sorte (amuletos, blusas, etc… )
  • Dar pulinhos antes dos jogos
  • Gritos de guerra
  • Etc…

Michael Jordan of the Chicago Bulls (L) eyes the b

Michael Jordan usava um calção da sua equipe da faculdade sob seu uniforme da NBA para dar sorte; Tiger Woods veste uma camisa vermelha nas partidas aos domingos; Rafael Nadal coloca milimetricamente as garrafas de água uma do lado da outra. Usando o calção como o Jordan ou qualquer amuleto, impulsiona a autoconfiança e nos faz visualizar resultados positivos. Além disso, prepara nosso cérebro para ser mais receptivo às oportunidades.

Não há como escapar dela, a superstição esta presente tanto no mundo profissional quanto no mundo amador e é capaz de trazer enormes prejuízos em seu bank caso você não esteja totalmente ciente dos benefícos e malefícios, reais e surreais que isso pode lhe trazer.

Quando a superstição é ruim?

Imagine comigo que você é super supersticioso e resolve jogar um torneio, e por algum motivo sua camisa da sorte sumiu!  Quando isso influenciar diretamente em seu humor e atitudes, a superstição estará prejudicando sua saúde mental. Em extremos, há pessoas que podem entrar até mesmo em depressão após seu amuleto da sorte não funcionar! Agora imagine comigo quantas pessoas já perderam fortunas de dinheiro jogando em cassinos pelo mundo a fora, acreditando piamente que seu amuleto ou ritual lhe traria sorte. Os jogadores supersticiosos se sentem prejudicados ao não receber a colocação esperada, o comportamento é afetado conforme os rituais são cumpridos compulsoriamente .

De uma coisa eu tenho certeza, cuidado com a superstição seja ela qual for, SEMPRE TENHA O PÉ NO CHAO EM TUDO e não deixe a influencia da superstição mudar sua forma de pensar e agir.

Ela será benéfica somente para quem estiver preparado !

Prox. Artigo: A teoria da evolução na mesa de poker !

Bruno Pontes

Facebook: https://www.facebook.com/BrunoJPontes

Instagram: @brun0pontes

E-mail: brunopontes@emenup.com.br

Autor: Bruno Pontes

Compartilhe esse post
468 ad

2 Comentários

  1. Bem legal ! Bom saber que não faço tudo atoa :)

    Responder
  2. Ótimo post…. Continue assim. … Minha superstição em um torneio é simples… Sentado no cut off.. Se vier 10 e 2 .. Tanto faz naipado ou não… Eu tenho q catucar… Raise… Re raise… Claro q fold se for all in pré flop… Se vier esse jogo … Eu ganho com certeza…

    Responder

Comentar

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>